Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cloud Berries

O sabor da vida sempre depende de quem a tempera

Cloud Berries

O sabor da vida sempre depende de quem a tempera

Bolo Mármore

O bolo mármore é daquelas receitas que passam de geração em geração. Além de visualmente bonito, este bolo é delicioso

 

Não é um bolo seco como alguns, é húmido e muito saboroso.

 



 

Ingredientes:

 

5 ovos

200 gr de açúcar

250 gr de farinha

150 gr de manteiga

200 ml de leite

1 c. de sobremesa de fermento

3 c. de sopa de cacau

Raspa de laranja

 

 

Pré-aqueça o forno a 180.º

Unte uma forma com manteiga e povilhe com farinha.

Bata as claras em castelo.

Numa taça bata a manteiga com o açúcar, até obter um creme homogéneo. Adicione as gemas, uma a uma, batendo sempre. Junte o leite mexa mais um pouco.

Peneire a farinha e o fermento e envolva no creme anterior alternando com as claras em castelo.

Divida a massa em duas partes. A uma delas, adicione a raspa de laranja, à outra parte adicione o cacau em pó.

Distribua a massa a gosto e leve ao forno cerca de 45-50 minutos. O tempo varia consoante o forno, por isso, o melhor é utilizar o teste do palito.

 

 

 

 

20161121_173743.jpg

 

 

 

 

20161121_173846.jpg

 

 

 

 

20161121_173852.jpg

 

 

 

 

20161121_173630.jpg

 

 

 

 

 

 

Bolo de Abóbora e Coco

 Um legume típico do Outono, que dá um bolo bem fofinho e húmido.

 

 

 

Ingredientes:

 

4 ovos

70 gr de manteiga

350 gr de açúcar

600 gr de abóbora (pesada com casca, depois de cozida e escorrida dá aprox. 300 - 350 gr)

120 gr de farinha

120 gr de farinha maisena

75 gr de coco ralado

1 c. de sobremesa de fermento

 

 

 

Corte a abóbora em pedaços e coza em água. Depois de cozida coloque sobre um coador para perder toda a água e esmague bem com um garfo. Se preferir use a varinha mágica mas não é necessário. A abóbora deve estar algum tempo a escorrer e se necessário calque um pouco com uma colher para que perca a água.

 

Pré-aqueça o forno a 180.º

Unte uma forma de buraco com manteiga e polvilhe com farinha.

Bata as claras em castelo

Bata as gemas com a manteiga até obter um creme homogéneo. Acrescente o açúcar e bata mais um pouco, até que este se incorpore.

Adicione a abóbora e em seguida os ingredientes secos (farinhas, coco e fermento) aos poucos e envolva.

Por fim, envolva as claras em castelo no creme anterior.

Leve ao forno cerca de 40 - 45 minutos.

 

 

 

 

20161110_215727.jpg

 

 

 

 

20161110_201258.jpg

 

 

 

 

20161110_201327.jpg

 

 

 

 

20161110_215738.jpg

 

 

 

 

20161110_215756.jpg

 

 

 

Sopa de Beterraba e Abóbora

Esta é sem dúvida uma receita especial para mim. A primeira vez que comi esta sopa foi em casa de uma pessoa muito especial, que para além de uma excelente pessoa é uma excelente cozinheira.

 

Para quem quiser conhecer o seu cantinho visite a página De Raiz. O saber não ocupa lugar e para fazer uma mudança consciente é preciso a coragem que eu ainda não tive, mas na qual acredito que traz enormes benefícios.

 

Podem ver também todos os benefícios desta sopa aqui.

 

 

Ingredientes:

 

2 cebolas

3 cenouras

350 gr de abóbora

1 c. de sopa de vinagre Ume

Flor de sal q.b

 

 

Corte as cebolas, as cenouras e a abóbora em brunesa.

Coloque um fio de azeite num tacho e adicione os legumes. Deixe "suar" um pouco para que liberte os sabores. Em seguida, cubra com água e deixe cozinhar até ficarem bem macios.

Quando os legumes estiverem praticamente cozinhados, adicione a beterraba já cozinhada. Eu optei por assar a beterraba, mas pode ser simplesmente cozida à parte.

Triture tudo muito bem até obter um creme. Tempere com flor de sal e adicione o vinagre.

Sirva acompanhado com cebolinho fresco ou sementes tostadas.

 

 

 

 

20161109_202211.jpg

 

 

 

 

20161109_202215.jpg

 

 

 

 

 

 

Flor de Sal Aromatizada com Endro

Comprou endro fresco, está a secar e não sabe o que fazer. Aqui tem uma solução para reaproveitar.

 

A flor de sal pode ganhar uma roupagem muito mais especial quando misturada com ervas aromáticas.

É uma óptima dica para reaproveitar ervas que estão a secar.

 

A quantidade de flor de sal aromatizada a utilizar deve ser menor que a flor de sal comum.

 

 

 Ingredientes:

 

1 ramo de endro seco

Flor de sal

 

 

Pique o endro na picadora e em seguida acrescente a flor de sal e pique mais um pouco.

Coloque num tabuleiro e deixe até estar totalmente seco. Depois de estar totalmente seco, volte a triturar.

Guarde num frasco de vidro.

 

 

12969368_931700900277368_684758594_n.jpg

 

 

 

89e73da20fe3c3978e6af49f93dda169.jpg

 

 

 

É ideal para usar em peixes e batatas fritas.

 

 

 

Canapés de Salmão Fumado com Endro

Salmão fresco, salmão fumado... salmão, salmão!

Quem me segue sabe que gosto bastante de salmão. Hoje, deixo aqui uma entrada simples, mas muito saborosa, com salmão fumado.

 

Nesta receita usei salmão fumado com endro, mas se não encontrar use o normal

 

 

Ingredientes:

 

Crostinis

Salmão fumado com endro

Alcaparras

Philadélfia

Pimenta q.b

 

Coloque o salmão fumado por cima do crostini, um bocadinho de philadélfia e uma alcaparra. Tempere com pimenta.

E está pronto a servir.

 

 

 

088.jpg

 

 

099.jpg

 

 

 

 

 

 

Panna Cotta de Coco com Maracujá

Dizem que é uma sobremesa típica de Verão. Para mim sabe bem em qualquer altura

 

Muitas vezes me queixo que não consigo encontrar aqui muitas das coisas que gosto de comer, mas a Panna Cotta posso dizer que foi das melhores que já comi. A maioria dos restaurantes tem influência Italiana, e por isso, o que nunca falta na carta é Panna Cotta e Tiramisù. E eu sou fã de ambos, mas como já vos deixei a receita do Tiramisù, hoje vou falar-vos da Panna Cotta.

 

A versão que vos deixo hoje é um pouco diferente da original, mas a combinação de sabores e texturas resulta muito bem. E o difícil mesmo é não comer tudo de seguida

 

 

 

Ingredientes:

 

1/2 l leite coco

1/2 l de natas

125 gr de açúcar

1 vagem baunilha

4 folhas de gelatina

 

4 maracujás

125 ml sumo de maracuja

50 ml de água (apenas use água se usar sumo de polpa)

4 c. de sopa de açúcar

1 folha de gelatina

 

 

Coloque as folhas de gelatina numa taça com água para hidratarem.

Num tacho, coloque as natas, o leite de coco, o açúcar e as sementes da vagem de baunilha.

Leve a mistura ao lume, mexendo sempre. Quando começar a levantar fervura, desligue e retire do lume.

Adicione as folhas de gelatina e mexe muito bem até estarem dissolvidas.

Coloque o preparado em taças ou copos de frio. Leve ao frio, pelo menos umas 4h antes de colocar o topping de maracujá.

 

 

Para preparar o topping de maracujá comece por colocar a folha de gelatina numa taça com água fria.

Retire a polpa dos maracujás e coloque num tacho. Adicione o sumo de maracujá, a água e o açúcar e leve ao lume, mexendo sempre. Quando começar a levantar fervura, desligue e retire do lume.

Adicione as folhas de gelatina e mexa até estarem dissolvidas.

Quando estiver frio, coloque sobre a panna cotta e volte a levar a sobremesa ao frio durante 12h.

 

 

 

 

20161116_211823.jpg

 

 

 

 

 

20161116_184141.jpg

 

 

 

 

20161116_230827.jpg

 

 

 

 

20161116_211749.jpg

 

 

 

 

20161116_211811.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Biscoitos de Canela

Como por aqui continua a nevar, hoje foi dia de fazer uns biscoitos para acompanhar com o chá.

Estes biscoitos são bastantes crocantes por fora e macios por dentro.

Com a mesma receita fiz 2 tipos de biscoitos. Com metade da massa segui apenas a receita que aqui deixo. Na outra parte do final dei um toque extra de canela, polvilhando os biscoitos com mais canela.

E o resultado é que ambos estão fantásticos. Como podem ver pelas fotos ainda estavam na grelha a arrefecer quando começaram a desaparecer.

 

 

 

Ingredientes:

 

350 gr de farinha

2 ovos

100 gr de manteiga

125 gr de açúcar

1 c. de sopa de canela

 

 

Método Tradicional:

 

Pré-aqueça o forno a 200º C.

Misture a farinha com o açúcar e a canela.

Adicione a manteiga em pedaços e envolva com as mãos até obter um aspecto de areia grossa.

Adicione os ovos e amasse até que todos os ingredientes estejam bem ligados.

Molde os biscoitos dando o formato que quiser.

Disponha sobre um tabuleiro com papel-vegetal e leve a cozer durante cerca de 15 minutos.

 

 

Yammi:

 

Pré-aqueça o forno a 200º C.

Coloque todos os ingredientes no copo e programe 2 min/Vel 6.

Molde os biscoitos dando o formato que quiser.

Disponha sobre um tabuleiro com papel-vegetal e leve a cozer durante cerca de 15 minutos.

 

 

 

 

 

20170227_185620.jpg

 

 

 

 

 

20170227_185718.jpg

 

 

 

 

 

20170227_185121.jpg

 

 

 

 


  

Salmão com Molho de Maionese e Alcaparras e Batatas Assadas

Voltei...voltei... E o salmão também!

 

 

 

Ingredientes:

 

2 postas de salmão

4 batatas

1 dente de alho

1 folha de louro

Flor de sal q.b

Pimenta q.b

 

4 c. de sopa de maionese

1 c. de sopa de água

Sumo de limão

Queijo parmesão

Alcaparras

 

 

 

Pré-aqueça o forno a 180.º

Descasque as batatas e faça cortes, conforme pode ver na imagem.

Coloque as batatas num tabuleiro com o alho esmagado, a folha de louro e um fio de azeite. Tempere com flor de sal e pimenta e leve ao forno aproximadamente 1h.

 

Entretanto pode preparar o molho de maionese. Para isso, comece por colocar numa taça a maionese, a água, queijo parmesão ralado e umas gotas de sumo de limão. Mexa tudo muito bem, acrescente as alcaparras e volte a envolver. Reserve no frio até à hora de servir.

 

Quando as batatas estiverem praticamente cozinhadas tempere o salmão com flor de sal e pimenta.

Coloque um frigideira anti-aderente ao lume com um fio de azeite. 

Não coloque muito azeite porque o salmão vai libertar bastante gordura. 

Quando estiver bem quente, coloque as postas de salmão com a parte da pele virada para baixo. Assim que começar a cozinhar o salmão vai mudando de cor gradualmente. Tenha atenção para que não esteja demasiado tempo, porque ficará muito seco. O salmão cozinha muito rápido, o tempo varia  de acordo com o tamanho da posta de salmão.

Para as postas de salmão que eu usei 2 minutos são suficientes. Após esse tempo, viro a posta e deixo cozinhar mais 2 minutos.

 

 

 

 

 

20161117_200859.jpg

 

 

 

 

 

20161117_200922.jpg

 

 

 

Sopa de Feijão Encarnado com Couve e Chouriço

Nem sempre a sopa gera muito consenso. Eu fui habituada a comer sopa e adoro.

 

Esta sopa provavelmente era das que mais vezes comia em casa dos meus pais.

Agora tento eu recriar a receita, mas apesar de utilizar os mesmos ingredientes o sabor é bastante diferente. Tenho saudades da sopa feita pela minha mãe, com couve e feijão caseiro. Pelo menos, o chouriço utilizado veio de Portugal e deu-lhe um sabor especial.

 

 

 

Ingredientes:

 

4 batatas

2 cenouras

1 cebola

1 dente de alho

1 lata de feijão encarnado

1/2 couve-lombarda

1/2 chouriço caseiro

Azeite q.b

 

 

Comece por descascar os legumes e corte em brunoise.

Numa panela, coloque um fio de azeite e refogue a cebola e o alho. Acrescente a cenoura e as batatas e deixe "suar" um pouco, para libertar os sucos. Adicione 1/2 lata do feijão encarnado e 1/e chouriço caseiro.Cubra os legumes com água.

Deixe cozinhar cerca de 30-45 minutos, ou até os legumes estarem bem cozidos.

Após esse tempo, retire o chouriço e reserve. Triture os legumes muito bem com a varinha mágica até obter um creme macio. Junte novamente o chouriço, a couve-lombarda e o feijão encarnado e deixe cozinhar em lume brando. Tempere com flor de sal e um fio de azeite.

Corte o chouriço em rodelas e sirva com a sopa.

 

 

 

 

20161013_135506.jpg

 

 

 

 

20161013_135459.jpg

 

 

 

Sopa de Miso

A sopa de miso é um prato típico japonês e bastante conhecida pelos seus benefícios para a saúde.

O miso é uma pasta fermentada, que pode combinar , soja e arroz. Esta pasta é dissolvida em água quente de forma a fazer o caldo. Mas esse caldo pode ser enriquecido com cebolinho, legumes, cogumelos ou algas, dependendo do gosto de cada um.

 

 

 

Ingredientes:

 

Miso (1 c. de sobremesa por cada taça de sopa)

Cebolinho

Cogumelos Shitake (usei desidratados)

Alho francês

Cenoura

Noodles de millet

 

 

Coloque uma panela ao lume com a quantidade de água necessária para a sopa que pretende obter. Adicione os cogumelos e deixe levantar fervura. Acrescente os noodles e deixe cozinhar segundo as instruções da embalagem.

Adicione o alho francês, a cenoura e o cebolinho. Assim que levantar fervura desligue o lume.

Coloque o miso numa taça, retire um pouco do caldo a ferver para essa taça e dissolva o miso.

Acrescente o miso já dissolvido à sopa e envolva.

 

 

 

Notas:

 

- O miso nunca deve ferver porque é um produto fermentado e irá perder as suas propriedades;

- Caso queira guardar o caldo para várias refeições, adicione apenas miso ao caldo que vai consumir no momento.

- Pode optar por outros legumes ou fazer um caldo simples.

 

 

 

 

 

23555480_1506834609366276_394414764_o.jpg

 

 

 

 

 

 

23515625_1506830726033331_72161671_n.jpg

 

 

 

 

 

23516041_1457867090994077_325073248_o.jpg

 

 

 

 

 

23468303_1457867080994078_1152901271_o.jpg

 

 

 

 

 

23484681_1457867114327408_473381873_o.jpg