Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cloud Berries

O sabor da vida sempre depende de quem a tempera

Cloud Berries

O sabor da vida sempre depende de quem a tempera

Panna Cotta de Coco com Maracujá

Dizem que é uma sobremesa típica de Verão. Para mim sabe bem em qualquer altura

 

Muitas vezes me queixo que não consigo encontrar aqui muitas das coisas que gosto de comer, mas a Panna Cotta posso dizer que foi das melhores que já comi. A maioria dos restaurantes tem influência Italiana, e por isso, o que nunca falta na carta é Panna Cotta e Tiramisù. E eu sou fã de ambos, mas como já vos deixei a receita do Tiramisù, hoje vou falar-vos da Panna Cotta.

 

A versão que vos deixo hoje é um pouco diferente da original, mas a combinação de sabores e texturas resulta muito bem. E o difícil mesmo é não comer tudo de seguida

 

 

 

Ingredientes:

 

1/2 l leite coco

1/2 l de natas

125 gr de açúcar

1 vagem baunilha

4 folhas de gelatina

 

4 maracujás

125 ml sumo de maracuja

50 ml de água (apenas use água se usar sumo de polpa)

4 c. de sopa de açúcar

1 folha de gelatina

 

 

Coloque as folhas de gelatina numa taça com água para hidratarem.

Num tacho, coloque as natas, o leite de coco, o açúcar e as sementes da vagem de baunilha.

Leve a mistura ao lume, mexendo sempre. Quando começar a levantar fervura, desligue e retire do lume.

Adicione as folhas de gelatina e mexe muito bem até estarem dissolvidas.

Coloque o preparado em taças ou copos de frio. Leve ao frio, pelo menos umas 4h antes de colocar o topping de maracujá.

 

 

Para preparar o topping de maracujá comece por colocar a folha de gelatina numa taça com água fria.

Retire a polpa dos maracujás e coloque num tacho. Adicione o sumo de maracujá, a água e o açúcar e leve ao lume, mexendo sempre. Quando começar a levantar fervura, desligue e retire do lume.

Adicione as folhas de gelatina e mexa até estarem dissolvidas.

Quando estiver frio, coloque sobre a panna cotta e volte a levar a sobremesa ao frio durante 12h.

 

 

 

 

20161116_211823.jpg

 

 

 

 

 

20161116_184141.jpg

 

 

 

 

20161116_230827.jpg

 

 

 

 

20161116_211749.jpg

 

 

 

 

20161116_211811.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Pudim Boca Doce de Chocolate com Creme de Baunilha

Existem receitas que por mais simples que sejam me fazem lembrar a infância. Os pudins boca doce são daquelas sobremesas que me trazem muitas memórias.

 

O creme de baunilha é de compra, ideal para os dias de preguiça. Aproveitei o facto de ter comprado o creme de baunilha para usar com morangos e usei também com o pudim boca doce de chocolate.

 

A combinação do pudim de chocolate, com a cremosidade do creme de baunilha resultou muito bem.

 

 

 

Ingredientes:

 

1 boca doce de chocolate

4 c. de sopa de açúcar

500 ml de leite

Creme de baunilha

 

 

Método Tradicional

 

Faça o pudim boca doce conforme as instruções e distribua por taças.

Quando estiver frio, regue com o creme de baunilha.

 

 

Yammi

 

Coloque no copo o leite, o açúcar e o preparado de pudim boca doce. Programe 12 min/90º C/ Vel 2.

Distribua por taças e deixe arrefecer.

Regue com o creme de baunilha.

 

 

 

 

20161008_174934.jpg

 

 

 

 

20161008_174735.jpg

 

 

 

 

20161008_174806.jpg

 

 

 

 

20161010_212358.jpg

 

 

 

Leite Creme

Uma sobremesa muito simples e que se presta a várias versões.

Simples, queimado ou com canela, faz as delícias de todos.

 

 

Ingredientes:

 

1l de leite

180 gr de açúcar

6 gemas

3 c. de sopa de farinha maisena

3 cascas de limão

1 pau de canela

 

 

Numa tigela misture as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado. Adicione a farinha maisena e envolva novamente. Adicione o leite e misture bem.

Coloque o creme numa tacho com a casca de limão e o pau de canela e leve a lume brando sem parar de mexer (aproximadamente 10-12 minutos).

Quando atingir o ponto de estrada, retire do lume. Retire as cascas de limão e o pau de canela e distribuia por taças.

 

Se optar por colocar canela, deve fazê-lo enquanto o creme estiver morno. Deste modo absorve mais o sabor.

Se quiser torrâ-lo, deixe arrefecer. Cubra com açúcar e queime com o maçarico.

Neste leite creme, optei por uma versão diferente do tradicional, coloquei raspas de trufa.

 

 

 

20160907_192951.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Arroz Doce

Quando vim viver para a Noruega, a comida foi uma das muitas coisas que senti falta. Foi nesse momento que decidi experimentar algumas daquelas receitas que estavam reservadas apenas para a minha mãe.

O arroz doce era uma delas. Por muito que tentasse nunca ficava igual, nunca tinha o mesmo cheio e sabor. Porque mais do que uma sobremesa, eram memórias.

Agora que estou longe não tinha alternativa, senão tentar de novo. Pedi a receita à minha mãe, escrevi todas as dicas e voilá não sei se pelas saudades ou pelo esforço, ficou maravilhoso.

 

Já não tem desculpas para não experimentar.

 

 

Ingredientes:

 

1 chávena de arroz

1 chávena de açúcar

1 casca de limão

1 pau de canela

1 emb. de preparado de leite creme (usei apenas 2/3)

1 pitada de sal

1l de leite

1 chávena de água

 

 

Coloque a água, uma pitada de sal e o arroz num tacho e leve ao lume. Deixar cozer durante breves minutos.

Num outro tacho coloque o leite, o pau de canela e a casca de limão. Leve ao lume até aquecer o leite.

Quando o arroz tiver absorvido a água, junte o leite, pouco a pouco. Deixe cozinhar cerca de 40 minutos.Convém ir mexendo regularmente para não agarrar.

Dissolva o leite creme e o açúcar numa tigela, juntamente com um bocadinho de leite.

Quando o arroz estiver quase cozido, adicione o preparado anterior, sem parar de mexer. Deixe levantar fervura.

Retire a casca de limão e o pau de canela e sirva o arroz em tacinhas polvilhado com canela.

 

 

 

 

 

20161224_190804.jpg

 

 

 

 

 

 A foto não é das melhores, mas garanto que o sabor está maravilhoso.

 

 

 

Natas do Céu

Não sei se existe uma receita única desta sobremesa, mas tenho sérias dúvidas. Para além disso, já vi vários nomes em diversos restaurantes para a mesma sobremesa.

Cá em casa nem sempre sigo a mesma receita. Por vezes, faço apenas uma versão com natas e leite condensado (podem ver aqui).

A apresentação também pode variar um pouco. Podem colocar por camadas, ou simplesmente misturar o creme com as bolachas.

 

Por isso, hoje deixo aqui uma outra versão. Experimentem e contem-me qual a versão que vocês mais gostam.

 

 

Ingredientes:

 

6 claras

1 pacote de natas

1 pacote de bolacha maria ralada

40 gr de açúcar

80 gr de açúcar

Amêndoa torrada (opcional)

 

 

Creme de ovos:

 

6 gemas

120 ml de água

120 gr de açúcar

1 casca de limão

1 pau de canela

 

 

Começe por preparar o creme de ovos.

Num tacho leve ao lume a água, o açúcar, a casca de limão e o pau de canela. Mexa e quando entrar no ponto de ebulição, deixe ferver durante 5 minutos. Apague o lume, retire a casca de limão e o pau de canela e deixe arrefecer um pouco.

Quando a calda estiver morna, adicione as gemas. Leve novamente ao lume e deixe cozinhar em lume brando, sem parar de mexer. Quando o creme estiver no ponto, apague o lume, mexa mais um pouco e deixe arrefecer.

 

Bata as natas até que fiquem consistentes. Enquanto bate, adicione aos poucos as 40 gr de açúcar e bata até que fique chantilly.

Bata as claras em castelo bem firmes. Sem parar de bater, adicione os 80 gr de açúcar e bata até que fique um merengue.

Envolva muito bem o merengue com o chantilly até que fique um creme homogéneo.

Em taças, coloque camadas alternadas de bolacha maria e de creme. A última camada deve ser de creme branco.

Por fim, divida o doce de ovos pelas taças.

Leve ao frigorífico até que fique bem frio.

Sirva polvilhado com amêndoa ralada ou bolachas raladas.

 

 

 

 

 

12939189_931701616943963_448819844_n.jpg

 

 

Pudim El Mandarin com Ovos

O pudim El Mandarim ou do "velhote" como lhe chamava é um clássico.

Hoje fiz a receita com ovos que trás boas memórias de infância. Esta é uma daquelas receitas que sempre me lembro de a minha mãe fazer e que fazia as delícias de todos.

O pudim ficar muito leve e saboroso.

 

 

Ingredientes:

 

1 saqueta de pudim

3 ovos

4 c. de sopa de açúcar

0.5 l  de leite

Caramelo Líquido

 

 

Coloque o leite num tacho a aquecer, reservando um pouco para dissolver o pacote de pudim.

Numa taça dissolva o pó do pudim, o açúcar, as gemas e mexa. Junte depois o leite reservado e volte a envolver. 

Bata as claras em castelo.

Quando o leite estiver quase a ferver, junte a mistura de pudim com as gemas. Vá mexendo com uma vara de arames para evitar que agarre e ganhe grumos. Quando levantar fervura deixe cozinhar por 4 a 6 minutos. Retire do lume e junte as claras batidas em castelo, envolvendo energicamente, até obter uma mistura homogénea.

Coloque o pudim numa forma caramelizada e deixe arrefecer um pouco antes de colocar no frigorífico.

 

 

 

 

 

22368854_1477164788999925_2018518179_o.jpg

 

 

 

 

 

22345159_1477164752333262_390118926_o.jpg

 

 

 

 

 

 

Doce Serradura

A Serradura é uma mistura de natas, leite condensado e bolacha maria. Eu optei por utilizar metade da quantidade de bolacha digestive e a restante de bolacha maria.

 

A Serradura é daqueles doces bem clássicos da doçaria portuguesa e bem simples de fazer.

 

 

Ingredientes:

 

2 pacotes de natas

1 pacote de bolachas

1 lata de leite condensado

 

 

Método Tradicional

 

Triture as bolachas na picadora e reserve.

Bata as natas, até que fiquem bem firmes.

Acrescente o leite condensado e as bolachas às natas e envolva.

Coloque numa taça e leve ao frigorífico durante algumas horas.

Decore com bolachas trituradas.

 

 

Yammi

 

No copo limpo coloque a bolacha e pique durante 15 seg/vel 5.

Monte o misturador sobre a lâmina e bata as natas programando 2 min/vel 4. O melhor é ir verificando para que não virem manteiga. O tempo para bater as natas pode diferir consoante a qualidade, temperatura e percentagem de gordura. As natas devem estar bem frias e ter no mínimo 35% de gordura.

Programe 1 min/vel 1 e com a yammi em movimento junte o leite condensado e as bolachas.

Coloque numa taça e leve ao frigorífico durante algumas horas.

Decore com bolachas trituradas.

 

 

Nota: em vez de juntar as bolachas ao creme pode optar por colocar em camadas.

 

 

 

 

 

13089999_1023202517729490_2095389190_n.jpg

 

 

 

 

 

13112629_1023202681062807_488705918_o.jpg

 

 

Tiramisù

O Tiramisù é uma sobremesa tipicamente Italiana à base de mascarpone ebcamadas de palitos La reine.

 

O segredo para um bom tiramisù está no uso de um mascarpone de qualidade.

 

 

Ingredientes:

 

5 ovos

500 gr de mascarpone

5 c. de sopa de açúcar

1 emb. palitos de La Reine

1/2 dl de licor de amêndoa ou brandy

4 dl de café bem forte

Cacau em pó

 

 

Método Tradicional:

 

Bate as claras em castelo.

Misture as gemas com o açúcar até obter uma mistura esbranquiçada.

Adicione o queijo marcarpone e misture bem.

Junte as claras em castelo ao preparado anterior, envolvendo lentamente.

Misture o café frio e o licor numa taça e embeba os palitos La Reine.

Coloque metade dos palitos no fundo de uma taça, cubra-os com metade do creme, coloque o resto dos palitos e cubra com o que sobra do preparado.

Deixe repousar no frigorífico pelo menos 6 horas.

Antes de servir, polvilhe o Tiramisù com cacau em pó usando uma peneira e decore com framboesas.

 

 

Yammi:

 

No copo com a borboleta coloque as claras e nata 5 min/ vel 4. Retire do copo e reserve.

Coloque as gemas e o açúcar no copo com a borboleta e programe 2 min/ vel 4.

Adicione o mascarpone e programe 2 min/vel 4.

Retire o preparado para uma taça e incorpore, suavemente, as claras reservadas.

Misture o café frio e o licor numa taça e embeba os palitos La Reine.

Coloque metade dos palitos no fundo de uma taça, cubra-os com metade do creme, coloque o resto dos palitos e cubra com o que sobra do preparado.

Deixe repousar no frigorífico pelo menos 6 horas.

Antes de servir, polvilhe o Tiramisù com cacau em pó usando uma peneira e decore com framboesas.

 

 

 

 

 

13292827_1035349189848156_1066344709_n_png.jpg

 

 

 

13288507_1035349403181468_1602601204_o.jpg

 

 

Mousse de Lima

Três ingredientes, uma sobremesa fantástica.

A frescura da lima transforma esta mousse na sobremesa perfeita para os dias mais quentes.

É super rápida e fácil de fazer, não tem desculpas.

 

 

Ingredientes :

 

3 iogurtes gregos

3 limas

1 lata de leite condensado

 

 

Método Tradicional:

 

Envolva o iogurte grego com o leite condensado e o sumo das limas. A lima vai permitir que o creme ganhe uma textura mais espessa.

Coloque em taças e leve ao frigoríficos durante algumas horas.

Decore a mousse com raspas de lima.

 

 

Yammi:

 

Coloque no copo o iogurte grego e o leite condensado e programe 1 min/vel 4.

Adicione o sumo das limas e programe 30 seg/vel 4.

Coloque em taças e leve ao frigoríficos durante algumas horas.

Decore a mousse com raspas de lima.

 

 

 

 

 

2016-05-01 21.07.46.jpg

 

 

13119031_267320203611293_4868785369748756075_n.jpg

 

Leite Creme Aromatizado com Baunilha

Leite creme é um clássico que fica sempre bem em qualquer mesa.

Já tinha partilhado uma receita de leite creme. Mas existem muitas maneiras de aromatizar um leite creme e torná-lo delicioso.

 

 

Ingredientes:

 

1l de leite

180 gr de açúcar

6 gemas

3 c. de sopa de farinha maisena

1 vagem de baunilha

 

 

Numa tigela misture as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado. Adicione a farinha maisena e envolva novamente. Adicione o leite e misture bem.

Coloque o creme numa tacho com as sementes da vagem de baunilha e leve a lume brando sem parar de mexer (aproximadamente 10-12 minutos).

Quando atingir o ponto de estrada, retire do lume e distribuia por taças.

 

Neste leite creme, optei por uma apresentação diferente do tradicional. Coloquei morangos e pedaços de avelã.

 

 

 

 

 

20170521_164511.jpg

 

 

 

 

 

 

20170521_164507.jpg

 

 

 

 

 

20170521_164524.jpg