Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cloud Berries

O sabor da vida sempre depende de quem a tempera

Cloud Berries

O sabor da vida sempre depende de quem a tempera

Canapés de Salmão Fumado com Endro

Salmão fresco, salmão fumado... salmão, salmão!

Quem me segue sabe que gosto bastante de salmão. Hoje, deixo aqui uma entrada simples, mas muito saborosa, com salmão fumado.

 

Nesta receita usei salmão fumado com endro, mas se não encontrar use o normal

 

 

Ingredientes:

 

Crostinis

Salmão fumado com endro

Alcaparras

Philadélfia

Pimenta q.b

 

Coloque o salmão fumado por cima do crostini, um bocadinho de philadélfia e uma alcaparra. Tempere com pimenta.

E está pronto a servir.

 

 

 

088.jpg

 

 

099.jpg

 

 

 

 

 

 

Folhados de Alheira e Espinafres

Já vos tinha falado de uma versão mais simples dos folhados de alheira.

Como vos tinha falado estes folhados podem ser muitos versáteis, basta dar asas à imaginação.

A receita de hoje é um pouco mais rica. Inclui um refogado com a alheira e espinafres que lhe dá um toque especial.

 

 

 

Ingredientes:

 

1 emb. de massa folhada

1 alheira

1/2 cebola

1/2 emb. de espinafres fresco

2 dentes de alho

1 folha de louro

Flor de sal q.b

Pimenta q.b

 

 

Coloque um fio de azeite num frigideira e leve ao lume. Adicione a cebola e o alho picado, a folha de louro e deixe refogar. Adicione a alheira sem pele e esmague com um garfo, até que se desfaça.

Por fim, adicione os espinafres e deixe cozinhar. Tempere com flor de sal e pimenta.

Retire do lume, reserve e deixe arrefecer.

Pré-aqueça o forno a 180º C.

Coloque o recheio longitudinalmente sobre a massa folhada.

Enrole a massa folhada sobre o recheio, formando um rolo. Pincele com gema de ovo.

Corte em pequenas rodelas e leve ao forno aproximadamente 20-25 minutos.

 

Se tiver alguma dúvida de como enrolar veja o post dos Folhados de Alheira (aqui) para ter uma ideia do formato a dar ao rolo.

 

 

 

 

 

20161231_202710.jpg

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

Chamuças de Alheira e Pêssego

A chamuça é uma especialidade de origem Indiana. Mas estas chamuças são bem portuguesas, uma vez que são recheadas com a nossa tão típica alheira.

 

É uma entrada muito simples, mas que vai fazer um enorme sucesso na mesa.

 

 

Ingredientes:

 

2 alheiras

1 a 2 pêssegos

1/2 cebola

1 dente de alho

1 folha de louro

1 emb. de massa filo

Pimenta q.b

Flor de sal q.b

Piri-piri q.b

 

 

Corte o pêssego em fatias fininhas ou em cubinhos e reserve.

Descasque e lave a cebola e o dente de alho e pique-os finamente. Leve uma frigideira anti-aderente ao lume com um fio de azeite, deixe aquecer, junte a cebola, o alho e a folha de louro e deixe refogar.

Retire a pele às alheiras, e junte ao refogado, misture bem até que se desfaçam. Tempere com flor de sal, pimenta e piri-piri e retire do lume.

Corte a massa filo em três tiras no sentido do comprimento. Para que fiquem mais crocantes use três tiras de massa filo por cada chamuça.

Pincele a massa filo com manteiga ou azeite, disponha uma bola de alheira sobre cada uma e por fim umas fatias do pêssego. Dobre para fazer chamuças.

Coloque-as num tabuleiro com papel vegetal e leve ao forno pré-aquecido a 180.º até que fiquem douradas e estaladiças.

Retire do forno e polvilhe com um pouco de pimenta preta moída.

 

 

 

20160806_205021.jpg

 

 

 

 

 

Nota: A massa filo seca muito rapidamente ao ar, por isso, só se deve retirar da embalagem quando já estiver tudo preparado.

 

 

Quiche de Legumes com Chouriço

Hoje decidi fazer uma quiche com os restinhos de legumes que tinha no frigorífico. Pode simplesmente usar os que mais gostar.

 

Não gosto de desperdiçar comida, por isso, tento sempre encontrar maneiras saborosas de reaproveitar tudo. As quiches são sempre muito versáteis. A única coisa a ter em consideração é o aparelho da quiche (1 pacote de natas e 2 ovos) a partir daqui dê asas à sua imaginação.

 

 

Ingredientes:

 

1 placa de massa quebrada redonda

1 pacote de natas

2 ovos

1 dente de alho

1/2 cebola

Cogumelos

Cenoura

Courgette

Alho francês

Bróculos

Pimento

Chouriço caseiro

Louro

Flor de sal q.b

Pimenta q.b

 

 

Pré-aqueça o forno a 200.º

Coloque a massa quebrada numa tarteira. Pique cuidadosamente com um garfo e leve ao forno durante 10-15 minutos a 200.º Deve cozinhar a massa antes para que fique mais crocante.

 

Pique a cebola e o dente de alho.

Corte os legumes em juliana ou brunesa, conforme preferir.

Leve uma frigideira ao lume com um fio de azeite. Quando estiver bem quente, adicione a cebola picada, o alho e a folha de louro e deixe alourar. Acrescente o chouriço e deixe libertar os sucos. Em seguida, vá adicionando os legumes dos mais rijos para os mais moles, para que o tempo de cozedura seja adequado. Também deve ter em atenção o tamanho com que cortou cada legume. Pode optar pela seguinte ordem, cenoura, cogumelos, pimentos, bróculos, courgette e alho francês. Se quiser que os cogumelos fiquem mais crocantes, deve salteá-los em separado.

Retire a folha de louro e tempere os legumes com flor de sal e pimenta.

Retire do lume e deixe arrefecer. Escorra os legumes num coador para excluir o excesso de sucos.

 

Numa tigela bata os ovos com as natas e tempere com flor de sal e pimenta.

Por fim, coloque os legumes salteados sobre a tarteira e verta o creme de ovos e natas.

Leve ao forno cerca de 40-45 minutos.

 

 

 

 

 

20160908_184003.jpg

 

 

 

 

20160908_174140.jpg

 

 

 

 

20160908_175505.jpg

 

 

 

 

20160908_181652.jpg

 

 

 

 

20160908_194206.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Chamuças de Legumes com Caril e Chutney de Manga

A receita de chamuças de legumes com caril é tipicamente Indiana. São ideias para um refeição rápida, um vez que podem ser preparadas com antecedência e congeladas.

 

Podem ser usadas como entrada ou petiscos, mas também como prato principal acompanhadas de arroz e salada.

 

 

 

Ingredientes:

 

1 emb. massa filo

2 cogumelos

1 cenoura

1/2 alho francês

Pimento verde e vermelho

1 chalota

1 folha de louro

1 c. de chá de caril

Flor de sal q.b

Pimenta q.b

Manteiga q.b

Lima

Chutney de Manga

 

 

Comece por cortar todos os legumes em brunesa.

Coloque uma frigideira ao lume com um fio de azeite. Quando estiver bem quente, adicione os cogumelos e deixe cozinhar um pouco. Acrescente a chalota e a folha de louro e deixe alourar. Em seguida, adicione a cenoura, o pimento e o alho francês e saltei-e os legumes. Tempere com flor de sal, pimenta e caril e sumo de lima.

Retire do lume e deixe arrefecer. Escorra os legumes num coador para excluir o excesso de sucos.

 

Corte a massa filo em quatro tiras no sentido do comprimento. Para que fiquem mais crocantes use três a quatro tiras de massa filo por cada chamuça.

Pincele a massa filo com manteiga ou azeite, disponha uma colher de legumes salteados e um bocadinho de chutney de manga. Dobre para fazer chamuças e pincele com manteiga novamente. Eu não usei chutney de manga em todas, optei por fazer algumas simples as quais polvilhei com sementes de papoila depois de enroladas.

Coloque-as num tabuleiro com papel vegetal e leve ao forno pré-aquecido a 180.º até que fiquem douradas e estaladiças.

 

 

 

 

20160918_202027.jpg

 

 

 

 

20160918_184403.jpg

 

 

 

 

20160918_185130.jpg

 

 

 

 

20160918_194638.jpg

 

 

 

 

20160918_194655.jpg

 

 

 

 

20160918_195139.jpg

 

 

 

 

20160918_200015.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

Bolinhos de Grão e Atum

Podem optar por ingredientes diferentes, por exemplo, trocar o atum por bacalhau ou tofu. E ainda, trocar o grão de bico por feijão frade, feijão azuki, feijão preto ou lentilhas.

Podem também, acrescentar diferentes ervas aromáticas conforme os sabores pretendidos.

Como podem ver estes bolinhos são super versáteis, rápidos de fazer e uma boa opção para levar na marmita para o trabalho, acompanhados de uma salada.

 

 

Ingredientes:

 

250 gr de grão cozido

2 latas de atum em água

1 cenoura ralada

1 ovo

20 gr de flocos de aveia

2 dentes de alho

cebolinho

Flor de sal

pimenta preta

coentros

 

 

Pré-aqueça o forno a 180.º

Passe o grão por água e escorra o atum.

Coloque todos os ingredientes no processador até obter uma massa homogénea.

Coloque papel vegetal num tabuleiro e faça pequenas bolinhas.

Leve ao forno e deixe cozinhar cerca de 30 minutos.

Sirva acompanhado com uma salada.

 

 

 

 

13161524_953847874729337_2136562008_o.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Folhados de Alheira

Lembram-se de vos ter falado nos Folhados de Salsicha?

Podem usar o mesmo método para fazer os folhados de alheira.

E tenho a dizer-vos que ficam qualquer coisa de espetacular.

 

 

Ingredientes:

 

massa folhada

alheira

 

 

114.jpg

Pré-aqueça o forno a 180.º

 

 

083.jpg

 Retire a pele da alheira e coloque sobre a massa folhada

 

 

086.jpg

Enrole a massa folhada sobre a alheira e pincele com gema de ovo

 

 

091.jpg

 Corte em pequenas rodelas e leve ao forno aproximadamente 20-25 minutos

 

 

118.jpg

 E estão prontos a serem devorados

 

 

Mexilhões com Batatas Fritas

Esta receita é tradicional da Bélgica, mas vê-se muito pela Noruega.

Fica um petisco delicioso para um final de tarde solarengo, acompanhado com uma cerveja bem fresquinha.

 

 

Ingredientes:

 

1 kg de mexilhões

2 dl de natas

1 bolbo de funcho

1 piri piri

1/2 cebola

1 dente de alho

1 folha de louro

1 limão

1 chipotle

2 gr paprika fumada

15 cl de vinho branco

Estragão

Flor de sal q.b

Pimenta q.b

 

 

Lave bem os mexilhões e retire-lhes a "barba" caso seja necessário.

Numa panela grande, coloque um fio de azeite. Quando estiver quente adicione o alho picado, o louro, a cebola e o funcho.

Acrescente o estragão, o chipotle e a paprika fumada. Refresque com vinho branco. Tempere com flor de sal, pimenta e piri-piri e deixe levantar fervura.

Adicione as natas e deixe levantar fervura.

Depois é só juntar os mexilhões previamente escorridos. Regue com sumo de limão. Envolva bem e reduza o lume.

Tape a panela e deixe cozer lentamente até os mexilhões estarem abertos.

Na altura de servir adicione estragão e sumo de limão.

Não se esqueça de fritar as batatas para acompanhar.

 

 

 

 

 

 

13152808_1022726941110381_716291910_n.jpg

 

 

 

 

 

Para temperar as batatas fritas usei a flor de sal aromatizada com endro.

Wraps de Salmão Fumado

Finalmente o sol começou a espreitar e os dias já são bastante longos. Com eles veio a vontade de comida fresca e prática.

 

Sendo o salmão o rei da Noruega, não preciso de grandes temperos para obter os melhores wraps. O abacate vem dar a frescura necessária para a receita perfeita.

 

 

 

Ingredientes:

(para 4 wraps)

 

4 tortilhas (usei integrais)

1 abacate

200 gr de salmão fumado

4 folhas de alface

1/4 de pepino

1/2 cebola roxa

1 dente de alho

2 c. de sopa de maionese

1 Cebolinho (rama)

Sumo de 1/2 limão

Cebolinho picado

Pimenta preta q.b

 

 

No copo da varinha mágica, coloque a maionese, 1/2 cebolinho, o dente de alho e o sumo de limão. Triture com a varinha mágica e tempere com flor de sal e pimenta. Reserve o molho

Lave as folhas de alface e reserve.

Corte o abacate, o restante cebolinho e a cebola roxa em fatias finas.

Numa frigideira, anti-aderente, aqueça as tortilhas.

Coloque a folha de alface sobre as tortilhas, seguidas do cebolinho, a cebola roxa e o pepino. Por fim, coloque as fatias de salmão fumado regue com o molho.

Enrole os wraps e corte na diagonal.

 

 

 

 

 

20170526_191420.jpg

 

 

 

 

 

 

20170526_191346.jpg

 

 

 

 

 

20170526_191253.jpg

 

 

 

 

 

20170526_190301.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pataniscas de Bacalhau

As pataniscas de bacalhau são um clássico da culinária portuguesa e são perfeitas como petisco ou acompanhadas com um arroz de feijão ou tomate.

 

Neste post explico alguns truques para conseguir umas pataniscas bem crocantes.

 

 

Ingredientes:

 

2 postas de bacalhau

1/2 cebola

2 dente de alho

2 ovos

1/2 cerveja ou vinho branco

1/2 caneca de farinha

Salsa fresca

Flor de sal q.b

Pimenta q.b

 

 

Método Tradicional:

 

Retire a pele e as espinhas do bacalhau e desfie-o em lascas.

Pique a cebola e o dente de alho e reserve.

Numa tigela, misture a farinha e os ovos e mexa até obter um creme homogéneo.

Acrescente a cebola e os alhos e envolva. Aos poucos vá juntando a cerveja, que deve estar bem fria.

Por fim, adicione o bacalhau e a salsa.

Tempere com flor de sal e pimenta.

Leve a massa, um pouco, ao frigorífico a repousar.

Numa frigideira anti-aderente, leve ao lume óleo e frite as pataniscas, vertendo pequenas porções com a ajuda de uma colher.

 

 

Yammi:

 

Retire a pele e as espinhas do bacalhau e desfie-o em lascas.

Pique a cebola e o dente de alho na função triturar. Retire do copo e reserve.

Coloque no copo, a farinha e os ovos e programe 30 seg/vel 6.

Acrescente a cebola e os alhos e programe 20 seg/vel 3. Aos poucos vá juntando a cerveja, com cuidado, que deve estar bem fria.

Por fim, adicione o bacalhau e a salsa picada e programe 10 seg/vel 3

Tempere com flor de sal e pimenta.

Leve a massa, um pouco, ao frigorífico a repousar.

Numa frigideira anti-aderente, leve ao lume óleo e frite as pataniscas, vertendo pequenas porções com a ajuda de uma colher.

 

 

Os truques para que as pataniscas fiquem bem crocantes e não ensopadas em óleo são:

 

- Acrescentar a cerveja ou vinho à massa bem frios;

- Deixar repousar a massa, um pouco, no frigorífico;

- O óleo deve estar bem quente.

 

 

 

 

 

20161015_140307.jpg

 

 

 

 

 

20161015_140316.jpg