Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cloud Berries

Cloud Berries

Puré de Couve - Flor

Ideal para acompanhar com peixes.

Indicado para quem faz uma dieta Low-Carb.

 

 

 Ingredientes:

 

1 couve - flor

1/2 cebola

1 c. de sopa de manteiga

Leite

Sal q.b

Pimenta q.b

 

 

Refogue a cebola picada com a manteiga.

Adicione a couve-flor cortada em pedacinhos e deixe "suar" um pouco, para libertar os sabores.

Adicione leite até cobrir a couve-flor e deixe cozer.

Depois de cozido, escorra o caldo e reserve. Coloque a couve-flor num processador e triture, vá adicionando aos poucos o caldo até obter a textura ideal.

Tempere com sal e pimenta.

 

 

 

Sugestões de apresentação:

 

11150980_842462829136794_3765791571782569432_n.jpg

 

DSC06994.JPG

 

 

 

Quiche de Legumes com Chouriço

Hoje decidi fazer uma quiche com os restinhos de legumes que tinha no frigorífico. Pode simplesmente usar os que mais gostar.

 

Não gosto de desperdiçar comida, por isso, tento sempre encontrar maneiras saborosas de reaproveitar tudo. As quiches são sempre muito versáteis. A única coisa a ter em consideração é o aparelho da quiche (1 pacote de natas e 2 ovos) a partir daqui dê asas à sua imaginação.

 

 

Ingredientes:

 

1 placa de massa quebrada redonda

1 pacote de natas

2 ovos

1 dente de alho

1/2 cebola

Cogumelos

Cenoura

Courgette

Alho francês

Bróculos

Pimento

Chouriço caseiro

Louro

Flor de sal q.b

Pimenta q.b

 

 

Pré-aqueça o forno a 200.º

Coloque a massa quebrada numa tarteira. Pique cuidadosamente com um garfo e leve ao forno durante 10-15 minutos a 200.º Deve cozinhar a massa antes para que fique mais crocante.

 

Pique a cebola e o dente de alho.

Corte os legumes em juliana ou brunesa, conforme preferir.

Leve uma frigideira ao lume com um fio de azeite. Quando estiver bem quente, adicione a cebola picada, o alho e a folha de louro e deixe alourar. Acrescente o chouriço e deixe libertar os sucos. Em seguida, vá adicionando os legumes dos mais rijos para os mais moles, para que o tempo de cozedura seja adequado. Também deve ter em atenção o tamanho com que cortou cada legume. Pode optar pela seguinte ordem, cenoura, cogumelos, pimentos, bróculos, courgette e alho francês. Se quiser que os cogumelos fiquem mais crocantes, deve salteá-los em separado.

Retire a folha de louro e tempere os legumes com flor de sal e pimenta.

Retire do lume e deixe arrefecer. Escorra os legumes num coador para excluir o excesso de sucos.

 

Numa tigela bata os ovos com as natas e tempere com flor de sal e pimenta.

Por fim, coloque os legumes salteados sobre a tarteira e verta o creme de ovos e natas.

Leve ao forno cerca de 40-45 minutos.

 

 

 

 

 

20160908_184003.jpg

 

 

 

 

20160908_174140.jpg

 

 

 

 

20160908_175505.jpg

 

 

 

 

20160908_181652.jpg

 

 

 

 

20160908_194206.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Geleia de Marmelo

Com os "restos" dos marmelos (cascas e caroços) que usei para fazer a marmelada fiz geleia de marmelo.

 

 

Ingredientes:

 

1 kg de marmelos (apenas usei cascas e caroços o restante foi usado na marmelada)

Açúcar

Água

1 pau de canela

 

 

Descasque os marmelos e reserve as cascas e caroços.

Coloque as cascas e caroços numa panela e adicione água até cobrir.

Cozinha as cascas em lume brando até que o líquido reduza para metade.

Filtre o líquido num coador fino para que excluir todas as impurezas. Pese o líquido e por cada litro adicione 600 gr de açúcar.

Leve novamente o líquido, com o açúcar e um pau de canela ao lume e deixe engrossar em lume brando.

Para verificar a consistência, retire um pouco de geleia para um prato e passe com uma colher de pau para ver se faz o ponto de estrada.

 

 

 

 

 

20171011_194132.jpg

 

 

 

 

 

 

20171011_194225.jpg

 

 

 

 

 

20171011_173504.jpg

 

 

 

 

 

20171011_183941.jpg

 

 

 

 

 

20171011_193244.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Marmelada

A minha mãe sempre fez marmelada, então quando eu ia a casa já sabia que tinha lá uma taçinha para mim. Mas a vida muda e agora não tenho a minha mãe por perto nem sequer encontro marmelada no supermercado. Encontrar marmelos já é um verdadeiro achado. E se eu à uns anos comia mas nem ligava muito, com a distância são estas pequenas coisas que nos dão mais prazer.

Hoje quando encontrei marmelos não hesitei em comprar. Depois liguei à minha mãe a perguntar como se fazia e lá fui eu colocar mãos à obra.

 

Com os restos dos marmelos fiz geleia de marmelo.

 

 

 

Ingredientes:

 

1 kg de marmelo

600 gr de açúcar

1 c. de sopa de Vinho do Porto

1 zeste de limão

 

 

Método Tradicional

 

Descasque os marmelos e retire os caroços. Reserve as cascas e os caroços para fazer geleia de marmelo.

Coloque os marmelos cortados em pedaços num tacho juntamente com o açúcar e a zeste de limão. Leve ao lume, em lume-brando e deixe cozer bem. Quando estiver cozido, reduza a puré com a varinha mágica, de modo a ficar uma mistura homogénea.

Leve novamente ao lume e deixe ferver mais um pouco até atingir o ponto de estrada.

Retire e coloque em recipientes. Depois de fria a marmelada vai endurecer.

 

 

 

Yammi

 

Coloque no copo os marmelos (sem casca e sem caroços), o açúcar e uma zeste de limão e pressione a função triturar. Repita este passo 3 vezes, até que o marmelo esteja completamente desfeito. Depois programe 40 min/ 100º C/ vel 3.

Quando começar a engrossar, pode remover o copo medidor e colocar o cesto para ir evaporando. Tenha cuidado com os salpicos para não sofrer queimaduras.

Baixe com a espátula a mistura acumulada nas paredes do copo.

Triture 1 minuto, começando na velocidade 5 e aumentando, gradualmente até à velocidade 8.

Retire e coloque em recipientes. Depois de fria a marmelada vai endurecer.

 

Nota: o tempo de confecção é indicativo, porque depende da quantidade de pectina presente e da maturidade dos marmelos. Se vir que a marmelada ainda não está grossa o suficiente programe mais uns minutos.

 

 

 

 

 

22365588_1479521875430883_7780475807093207153_n.jp

 

 

 

 

 

22366764_1479562902093447_129864668175324799_n.jpg

 

 

 

 

 

20171011_194225.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Natas do Céu

Não sei se existe uma receita única desta sobremesa, mas tenho sérias dúvidas. Para além disso, já vi vários nomes em diversos restaurantes para a mesma sobremesa.

Cá em casa nem sempre sigo a mesma receita. Por vezes, faço apenas uma versão com natas e leite condensado (podem ver aqui).

A apresentação também pode variar um pouco. Podem colocar por camadas, ou simplesmente misturar o creme com as bolachas.

 

Por isso, hoje deixo aqui uma outra versão. Experimentem e contem-me qual a versão que vocês mais gostam.

 

 

Ingredientes:

 

6 claras

1 pacote de natas

1 pacote de bolacha maria ralada

40 gr de açúcar

80 gr de açúcar

Amêndoa torrada (opcional)

 

 

Creme de ovos:

 

6 gemas

120 ml de água

120 gr de açúcar

1 casca de limão

1 pau de canela

 

 

Começe por preparar o creme de ovos.

Num tacho leve ao lume a água, o açúcar, a casca de limão e o pau de canela. Mexa e quando entrar no ponto de ebulição, deixe ferver durante 5 minutos. Apague o lume, retire a casca de limão e o pau de canela e deixe arrefecer um pouco.

Quando a calda estiver morna, adicione as gemas. Leve novamente ao lume e deixe cozinhar em lume brando, sem parar de mexer. Quando o creme estiver no ponto, apague o lume, mexa mais um pouco e deixe arrefecer.

 

Bata as natas até que fiquem consistentes. Enquanto bate, adicione aos poucos as 40 gr de açúcar e bata até que fique chantilly.

Bata as claras em castelo bem firmes. Sem parar de bater, adicione os 80 gr de açúcar e bata até que fique um merengue.

Envolva muito bem o merengue com o chantilly até que fique um creme homogéneo.

Em taças, coloque camadas alternadas de bolacha maria e de creme. A última camada deve ser de creme branco.

Por fim, divida o doce de ovos pelas taças.

Leve ao frigorífico até que fique bem frio.

Sirva polvilhado com amêndoa ralada ou bolachas raladas.

 

 

 

 

 

12939189_931701616943963_448819844_n.jpg

 

 

Pudim El Mandarin com Ovos

O pudim El Mandarim ou do "velhote" como lhe chamava é um clássico.

Hoje fiz a receita com ovos que trás boas memórias de infância. Esta é uma daquelas receitas que sempre me lembro de a minha mãe fazer e que fazia as delícias de todos.

O pudim ficar muito leve e saboroso.

 

 

Ingredientes:

 

1 saqueta de pudim

3 ovos

4 c. de sopa de açúcar

0.5 l  de leite

Caramelo Líquido

 

 

Coloque o leite num tacho a aquecer, reservando um pouco para dissolver o pacote de pudim.

Numa taça dissolva o pó do pudim, o açúcar, as gemas e mexa. Junte depois o leite reservado e volte a envolver. 

Bata as claras em castelo.

Quando o leite estiver quase a ferver, junte a mistura de pudim com as gemas. Vá mexendo com uma vara de arames para evitar que agarre e ganhe grumos. Quando levantar fervura deixe cozinhar por 4 a 6 minutos. Retire do lume e junte as claras batidas em castelo, envolvendo energicamente, até obter uma mistura homogénea.

Coloque o pudim numa forma caramelizada e deixe arrefecer um pouco antes de colocar no frigorífico.

 

 

 

 

 

22368854_1477164788999925_2018518179_o.jpg

 

 

 

 

 

22345159_1477164752333262_390118926_o.jpg

 

 

 

 

 

 

Canelones de Salmão e Espinafres

 A combinação de salmão e espinafres resulta sempre. Apesar de parecer uma receita complicada é bastante rápida e fácil de fazer.

 

 

Ingredientes:

 

12 canelones

250 gr de salmão

1/2 ramo de bróculos

100 gr de espinafres

1 dente de alho

Flor de sal q.b

Pimenta q.b

Mozzarella ralada

 

 

Molho:

 

200 gr de farinha

100 gr de manteiga

1/2 l de leite

 

 

Comece por tempererar as postas de salmão com flor de sal e pimenta.

Coloque um frigideira anti-aderente ao lume com um fio de azeite. Quando estiver bem quente, coloque as postas de salmão e deixe cozinhar.

Coloque um tacho ao lume com água. Quando levantar fervura adicione os bróculos e deixe cozinhar 4 minutos. Retire do lume, escorra e reserve.

Para o molho, coloque um tacho ao lume com a manteiga até derreter. Acrescente a farinha e mexa até alourar, para a farinha cozinhar. Adicione o leite morno e tempere com sal e pimenta. Por fim, adicione metade dos bróculos que cozeu e triture.

Numa frigideira, saltei-e os espinafres juntamente com um dente de alho. Adicione o salmão lascado e os restantes bróculos.

Pré- aqueça o forno a 180º C.

Coloque metade do molho no fundo de um tabuleiro. Em seguida, recheie os canelones com a mistura de salmão e espinafres e coloque no tabuleiro. Verta o restante molho sobre os canelones e polvilhe com mozzarella ralada e nozes tostadas.

Leve ao forno cerca de 30 minutos ou até dourar.

 

 

 

 

 

20171005_195909.jpg

 

 

 

 

 

20171005_190350.jpg

 

 

 

 

 

20171005_190608.jpg

 

 

 

 

 

20171005_190853.jpg

 

 

 

 

 

20171005_191644.jpg

 

 

 

 

 

20171005_195216.jpg

 

Cheesecake de Framboesa

Nunca tinha feito um cheesecake de forno e não sabia o que andava a perder.

Um dia de folga foi a desculpa perfeita para fazer o cheesecake americano. Mas, em vez da tradicional compota por cima, resolvi introduzir framboesas frescas no creme.

 

A base deste cheesecake fica bem crocante a contrastar com um interior bem cremoso.

 

 

 

Base:

(forma de fundo amovível de 16 cm)

 

125 gr de bolachas digestivas

25 gr de nozes

50 gr de manteiga

 

 

Creme:

 

500 gr de mascarpone

2 ovos

125 gr de açúcar

2 c. de chá de sumo de limão

1 c. de chá de essência de baunilha

150 gr de framboesas frescas

Framboesas para decorar q.b

 

 

Método Tradicional:

 

Pré-aqueça o forno a 170.º

Triture as bolachas com as nozes e junte a manteiga derretida. Misture até obter uma consistência de areia molhada.

Pressione bem esta mistura na forma até que fique bem lisa e leve ao forno 10 minutos. Retire e deixe arrefecer.

Bata o queijo creme com o açúcar até incorporar. Acrescente os ovos um a um depois a essência de baunilha e o sumo de limão. Por fim, envolva as framboesas frescas.

 

 

Yammi:

 

Pré-aqueça o forno a 170.º

Coloque as bolachas e as nozes no copo e programe a função triturar. Coloque a mistura numa taça, adicione a manteiga derretida e envolva até obter uma consistência de areia molhada.

Pressione bem esta mistura na forma até que fique bem lisa e leve ao forno 10 minutos. Retire e deixe arrefecer.

Coloque queijo creme e o açúcar no copo e programe 1 min/vel 4. Adicione o sumo de limão e a essência de baunilha e programe 1 min/vel 4. Durante este processo vá adicionando os ovos um a um pelo bocal. Por fim, envolva as framboesas frescas com o salazar.

 

 

 

Notas:

 

Para preparar o creme os ingredientes devem estar à temperatura ambiente, para que sejam mais fáceis de misturar e não tenha que se bater demasiado o creme.

 

Verifique se a base já arrefeceu ligeiramente antes de colocar o creme. Unte a forma na borda com um bocadinho de manteiga para que depois seja mais fácil desenformar. Como este creme é muito líquido e para que ele não escorra pela forma, forre a parte de baixo da forma com uma folha de papel alumínio.

 

Verta o creme na forma e leve ao forno aproximadamente 50 minutos a 1 hora. Após os 50 minutos verifiquem se o cheesecake já está bem firme nas bordas. Se ele já estiver bem firme, mesmo que o interior ainda abane um bocadinho (tipo gelatina), o cheesecake está pronto. Desliguem o forno, mas deixem o cheesecake no forno desligado por 1 hora. Passado esse tempo, retirem do forno e deixem à temperatura ambiente uns 30 minutos.

 

Leve ao frigorífico de preferência de um dia para o outro antes de desenformar.

 

 

 

 

 

 

20160917_143802.jpg

 

 

 

 

 

 

20160916_150504.jpg

 

 

 

 

 

 

20160916_150610.jpg

 

 

 

 

 

 

20160916_150821.jpg

 

 

 

 

 

 

20160916_170856.jpg

 

 

 

Torta de Laranja

A torta do Marco Costa ficou conhecida em todo o país como sendo a sua especialidade.

E tenho a dizer que esta receita que faz parte do livro Receitas com Segredo é realmente maravilhosa.

 

Fiz uma pequena alteração à receita original, utilizando apenas metade do açúcar, que achei suficiente. Fica na mesma bastante gulosa  e mantém a sua textura.

 

 

 

Ingredientes:

 

500 gr de açúcar (usei apenas 250 gr)

50 gr de farinha

15 gr de fermento em pó

12 ovos inteiros

Raspa e sumo de 2 laranjas

 

 

 Método Tradicional

 

Pré-aqueça o forno entre os 200º e 220º.

Unte um tabuleiro (32x25 cm) com manteiga e coloque papel vegetal. Unte também o papel vegetal.

Junte o açúcar com a farinha e o fermento e misture bem.

Acrescente a raspa e o sumo de laranja e mexa.

Por fim, Junte os ovos e bata bem com uma vara de arames.

Coloque a massa no tabuleiro e leve a cozer em banho-maria 20-25 minutos.

Quando estiver cozida, retire do forno e coloque açúcar por cima.

Deixe a torta descansar um bocadinho e em seguida vire para cima de papel vegetal polvilhado com açúcar, de forma a conseguir enrolar.

Enrole a torta ainda quente.

 

 

Yammi

 

Pré-aqueça o forno entre os 200º e 220º.

Unte um tabuleiro com manteiga (32x25cm) e coloque papel vegetal. Unte também o papel vegetal.

Coloque no copo o açúcar e a casca de laranja e pulverize 20 seg/ vel 11. Com a ajuda da espátula, faça descer o que se acumulou nas paredes do copo.

Acrescente os ovos, o sumo de laranja, a farinha e o fermento e misture 30 seg/ vel 5.

Coloque a massa no tabuleiro e leve a cozer em banho-maria 20-25 minutos.

Quando estiver cozida, retire do forno e coloque açúcar por cima.

Deixe a torta descansar um bocadinho e em seguida vire para cima de papel vegetal, de forma a conseguir enrolar.

Enrole a torta ainda quente.

 

 

 

 

 

 

20170708_202936.jpg

 

 

 

 

 

20170708_202727.jpg

 

 

 

 

 

20170708_202620.jpg

 

 

 

 

 

 

Pág. 2/2